/O que é a Bitcoin Unlimited

O que é a Bitcoin Unlimited

Dada a crescente popularidade do projeto Bitcoin Unlimited, a CryptoPortugal decidiu criar um guia que oferece uma noção básica do que é o Bitcoin Unlimited, e porque foi criado. Para saber mais, visite o site oficial.

Lembre-se sempre de analisar todos os lados de uma qualquer discussão, especialmente se estiver relacionada com o tamanho dos blocos Bitcoin. Há muitas opiniões e argumentos tanto a favor, como contra, de um possível aumento do tamanho limite dos blocos. Examine todas as alternativas disponíveis, como a ativação Segwit, Bitcoin Classic, 8MB Blocks e outros.

Nós aqui no CryptoPortugal mantemos uma posição neutra em relação ao assunto, não apoiando nenhuma solução em detrimento de outras. No entanto, como indivíduos, as nossas opiniões sobre este assunto variam. Mas uma coisa que todos podemos concordar é esta: queremos que a Bitcoin se transforme num sistema de pagamento amplamente utilizado(Mainstream), algo que não é possível com as regras atuais.

Qual é o Tamanho do Bloco?

Como vocês provavelmente sabe, a Bitcoin é uma criptomoeda baseada na tecnologia blockchain. Todas as transações que ocorrem dentro da rede são registadas neste blockchain, um ledger público que pode ser visto por qualquer um e que ninguém consegue alterar. Este ledger é composto por blocos que se encaixam uns nos outros (daí o nome, blockchain).

Quando um utilizador efectua uma transacção, a referida transação está incluída no bloco que está a ser minado na altura, e será posteriormente confirmada pelos blocos que a seguem. Quanto mais blocos existirem no topo de uma transação, mais seguro é assumir que permanece inalterável.

As transações, no seu nível mais básico, são compostas de dados. Os dados normalmente são constituídos por informações sobre a transação em questão, como o seu valor, quem o enviou e quem o receberá. Estes dados, como quaisquer outros, ocupam espaço no bloco que estão incluído.

Atualmente, cada bloco na cadeia de Bitcoin é capaz de conter 1 MB de dados, ou seja, o tamanho dos blocos de bitcoin está limitado a 1 megabyte. Isto significa que há um limite de transações que podem caber nos blocos do Bitcoin, de acordo com os dados contidos nessas transações.

O limite do tamanho dos blocos foi implementado para impedir uma série dos ataques, que seriam possíveis no caso do tamanho dos blocos ser ilimitado.

Problemas no tamanho do bloco

Se por acaso é um entusiasta de criptomoedas e já está no “jogo” há algum tempo, já deve ter ouvido falar do eterno debate que envolve a questão do tamanho do bloco. Este debate tem atormentado a comunidade há anos, dividindo-a em dois grupos: aqueles a favor de um aumento de blocos, e aqueles contra. A questão do tamanho do bloco é muito mais do que uma curiosidade ou tecnicismo, e poderá de fato definir o futuro do Bitcoin como uma moeda convencional.

Existem várias equipas de software developers que trabalham em criar aquilo que acreditam ser a melhor visão para o futuro da Bitcoin. Estas equipas criam carteiras que podem ser usadas para sinalizar uma votação sobre várias questões e propostas, como a proposta segwit ou um aumento de tamanho de bloco através de um hard-fork.

Atualmente, o mais popular desses clientes é, sem dúvida, Bitcoin Core. No entanto, outras equipas estão trabalhando para criar sua visão de um Bitcoin melhor e, entre elas está a Bitcoin Unlimited. Embora o Bitcoin Core seja o cliente mais popular, os mineradores estão sinalizando a sua aprovação do Bitcoin Unlimited, que tem crescido em popularidade, superando inclusive o SegWit.

Bitcoin Unlimited

O cliente Bitcoin Unlimited (carteira) é usado para sinalizar o suporte da ativação do protocolo “Consenso Emergente”. Aproveitando o mecanismo de consenso existente da Bitcoin (comumente chamado Consenso de Nakamoto), o “Consenso Emergente” foi criado para permitir um tamanho de bloco dinâmico. Os nódulos podem indicar uma preferência no tamanho do bloco, e direcionar apenas para retransmitir blocos abaixo do tamanho preferido, dificultando assim a distribuição de blocos maiores pela rede. Isto dá uma “voz” a todos os participantes da rede, e não apenas aos mineradores.

Este sistema permite que os usuários escolham o tamanho máximo do bloco que desejam aceitar como válido. No entanto, há um mecanismo failsafe configurável pelo usuário, que permite aos usuários aceitar um bloco maior do que o limite que definiram anteriormente, se o número de blocos acima desse limite atingir um determinado número. Este sistema garante que nenhum usuário é deixado acidentalmente para trás.

No sistema Bitcoin Unlimited(BU), os operadores de nódulos podem escolher o limite de tamanho do bloco que votam modificando seu cliente através de um menu GUI. Os mineradores, por sua vez, optam por aumentar ou diminuir o tamanho do bloco de acordo com o que os nódulos estão votando. Em teoria, isto criaria um sistema onde a Bitcoin escalasse de acordo com o espaço necessário para acomodar as transações na rede, que se espera cresça devido à crescente popularidade da criptomoeda. Como Satoshi Nakamoto disse uma vez(traduzido):

“Em algumas décadas, quando a recompensa for muito pequena, a taxa de transação se tornará a principal compensação para os nódulos. Tenho a certeza de que daqui a 20 anos ou haverá um enorme volume de transações, ou nenhum volume de todo. “

Como funciona?

Os nódulos podem sinalizar o tamanho do bloco que eles estão dispostos a aceitar, seja ele maior ou menor que o atual. Esta configuração é chamada de “Tamanho de Bloco Excessivo” (EB) e pode ser configurada por nós através de um cliente BU. Os mineradores irão então, de acordo com os sinais dos nódulos, aumentar (ou diminuir) o limite do tamanho do bloco para satisfazer as solicitações dos nódulos. Esta configuração é chamada de “Tamanho de Geração Máxima” (MG) e pode ser configurada pelos mineradores

Para evitar que a configuração EB seja muito baixa para alguns nós, causando uma divisão de cadeia (fork), a BU tem um mecanismo de segurança integrado, que é configurável pelo usuário como já mencionamos. Isso permite que os usuários aceitem blocos que estão acima desse limite se atingirem um determinado número. Esta configuração é chamada “Profundidade de Aceitação Excessiva” (AD).

Bitcoin Unlimited será ativada quando a maioria dos mineradores sinalizar a sua aprovação. O fato de uma simples maioria dos mineradores poder ditar a cadeia mais longa (e que a cadeia mais longa  “ganha”) é a verdade fundamental do mecanismo de “Consenso de Nakamoto” da Bitcoin. A Bitcoin Unlimited reconhece isso. Embora possa ter ouvido que a Seg Wit (SW) é ativada numa votação de 95%, este nível de ativação é simplesmente uma convenção. A verdade é que, se 51% dos mineiros quiserem uma mudança, eles podem simplesmente apenas minar os blocos alterados, e rejeitar todos os blocos inalterados. Uma vez que 51% é a maioria dos mineradores, a cadeia mudada seria a mais longa e, portanto, a “vencedora”.

Ainda mais problemático é que a maioria dos votos não garante a ativação. Mineradores podem podem estar mentindo no seu voto, e se recusarem a ativar a mudança quando esta chegar, ou reverter depois de alguns blocos. Esta estratégia é devastadora para a Seg Wit, uma vez que permitiria aos mineradores roubar todas as moedas que foram gastas como transações SW. Portanto, estes protocolos de ativação de camada superior dependem fundamentalmente da honestidade da maioria dos participantes. E faz sentido. Votar num ponto de ativação é uma solução defeituosa para o mesmo problema de “consenso distribuído”, que atormentou pesquisadores por anos até que a solução elegante da Bitcoin fosse criada.

Esta questão de consenso é a razão pela qual o mecanismo de ativação do Bitcoin Unlimited garante que nenhum usuário Bitcoin Unlimited seja acidentalmente deixado para trás quando a ativação ocorre. No entanto, é claramente vantajoso que a ativação ocorra quando uma grande maioria de mineradores e participantes do ecossistema concordarem com isso. Como o Bitcoin Unlimited reconhece que todos os esquemas de ativação de “camada superior” dependem da confiança, eles simplesmente optam por confiar. Eles acreditam que os mineradores e outros participantes do ecossistema estão intensamente interessados no sucesso da Bitcoin, e por isso espera-se que eles comuniquem entre si para agendar a ativação, no momento apropriado. Simulações mostram que uma taxa de aprovação de 75% resultaria em uma transição muito suave, mas uma ativação com aprovação de 66% também é possível.


Fonte (Escrito por António Madeira): https://www.cryptocompare.com/coins/guides/what-is-bitcoin-unlimited/

Traduzido por Nuno Teodoro