/Como Criar e Usar um Portfólio de Criptomoedas

Como Criar e Usar um Portfólio de Criptomoedas

Existem várias de criptomoedas para além da Bitcoin. Desde moedas alternativas com o mesmo propósito da Bitcoin mas com outras características, a moedas para aplicações específicas (appcoins), a ativos emitidos na blockchain, existem centenas de criptomoedas alternativas ou altcoins.

Como tal, é difícil não ser arrastado pela onda de altcoins quando se está envolvido no mundo das criptomoedas. No entanto, estar a par dos movimentos de todas as moedas pode ser difícil, especialmente se estas estiverem em carteiras e/ou mercados de câmbio diferentes, o que acontece muitas vezes.

No entanto, é possível criar um portfólio de criptomoedas para teres toda a informação que precisas relativamente às moedas e ao seu valor num só sítio. A CryptoCompare tem um serviço de Portfólio avançado que não só permite estar atualizado em relação ao valor das moedas mas que também dá análises e dados relevantes que nos podem ajudar a melhorar a nossa estratégia de investimento e mais.

Neste guia vamos dar algumas dicas para poderes utilizar o portfólio CryptoCompare com facilidade. Para verificar mais informações, clica aqui para ver todos os guias do portfolio (em inglês)

Para criar um Portfolio, podem ir até http://cryptocompare.com e criar uma conta. Depois basta ir a portfolio e começar. Click aqui para ver como criar um Portfólio e adicionar moedas.

Uma vez estando o primeiro portfólio criado, podemos adicionar moedas. É possível ter vários portfólios e várias moedas em cada portfólio ao mesmo tempo. Depois do primeiro portfolio ser criado e das moedas estarem adicionadas, é possível ver um gráfico acompanhado de várias informações relativas ao portfólio como o preço de aquisição total, o lucro realizado, o valor total do portfólio, e muitos mais dados.

É possível também ver as informações individuais relativas a cada moeda contida no portfólio fazendo scroll para baixo.

Depois, temos também a possibilidade de assinalar as moedas como vendidas. Esta opção permite nos verificar o lucro/perdas realizadas. Para assinalar uma moeda como vendida, basta carregar no botao de editar, clickar em “sell” e adicionar as informações corretas.

Podes depois verificar as moedas que ja foram vendidas e as informações correspondentes ao clicar em “Sold”

Existem ainda várias informações avançadas disponíveis em “Risk Analysis” e em “Advanced Charts”. Vamos começar com a “Risk Analysis” ou “Análise de risco”. Este separador permite-nos ver o risco que estamos a correr com este portfólio a vários níveis. Carregando no separador “Risk Analysis” vemos quatro gráficos:

Wallet/Exchange exposure ou exposição da carteira/mercado: Mercados de câmbio têm mais probabilidades de serem hackeados do que uma carteira pessoal controlada pelo utilizador. Este gráfico mostra quanto do seu dinheiro está numa exchange e quanto está numa carteira.

Crypto exposure ou exposição a cripto: Este gráfico ajuda-te a gerir a composição do portfólio. Mostra a quais moedas estás mais exposto (qual o preço que mais afeta o valor do portfólio). Para reduzir a exposição ao risco de uma moeda, podes diversificar o pórtfolio e ter mais moedas com uma percentagem de valor semelhante.

Liquidity Exposure (Time Until Liquidation) ou Exposição a Liquidez (Tempo até Liquidação): Este gráfico representa o tempo que demoraria a vender uma moeda num mercado de câmbio baseado no volume médio dos últimos 30 dias da moeda e a quantidade de moedas no portfólio.

Volatility Exposure (Last 30 days) ou Exposição à  Volatilidade (Últimos 30 dias): Este gráfico dá uma visão geral dos movimentos de preço do portfólio. Quanto mais alta a volatilidade, maiores os movimentos que se pode esperar do valor do portfolio. A volatilidade é calculada com base nas mudanças de preço dos últimos 30 dias e um ano.

Depois temos as “Advanced Charts” ou “Gráficos Avançados” onde temos mais gráficos e visualizações e métricas para o portfólio.

Por cima do gráfico, estão as estatísticas básicas: minimum, maximum, average and standard deviation (mínimo, máximo, média e desvio padrão). O gráfico avançado fornece as seguintes visualizações / métricas para o portfólio:

  • Holdings ou Posses
  • Period P/L ou Período L/P (Lucro/Perda)
  • Performance
  • Volatility ou Volatilidade

Posses: O gráfico de posses mostra como o valor da carteira evoluiu ao longo do tempo. Você verá um grande salto neste gráfico quando você comprar novas moedas ou vender moedas existentes.

Período L/P (Lucro/Perda): Podes verificar seus lucros e perdas por este gráfico para ver quais foram os períodos mais rentáveis e vice-versa.

Performance: Este gráfico de desempenho é usado para medir o quão bem seu portfólio tem saído e e o desempenho do seu portfólio pode até mesmo ser comparado com benchmarks..

Volatilidade: A volatilidade é uma métrica que mostra quão estável/instável é o valor do portfólio é ao longo do tempo. Alta volatilidade significa grandes mudanças nos preços, baixa volatilidade significa pequenas mudanças nos preços. Um portfólio de alta volatilidade é um portfólio de risco.